• Repórter em Sintra

    Posted on 12 de Setembro de 2012 by GeoStar in Viagens.

    Olá,

    Chamo-me Jorge Cotovio e fui o feliz contemplado com o fim-de-semana em Sintra. Quando digo feliz, posso concretizar com a felicidade que a calma, harmonia, paz interior que se ganha ao entrar na Vila de Sintra.

    O meu fim-de-semana começou no sábado que por motivos pessoais não pude aproveitar a noite de sexta-feira, mas recompensei no restante fim-de-semana na companhia do meu filho e que se tornou um num fim-de-semana muito gratificante e pelo qual Sintra tem excelentes condições para se levar toda a família de fim-de-semana.

    Visitar Sintra foi como que entrar numa máquina do tempo, começando pelas vistas que ao longe podemos observar chegando pelo IC19, sentindo a imponência do palácio da pena no alto da Serra de Sintra.

    Entrando em Sintra, optei por fazer um passeio a pé e descobrindo a vila sem recorrer a roteiros, foi óptimo encontrei por acaso uma pequena feira na Alameda dos Combatentes da Grande Guerra e que decorre no primeiro e terceiro fim-de-semana de cada mês, uma pequena feira de antiguidades e artesanato que primava pela beleza da vista, que dali me era proporcionada, mas deliciei-me pela simpatia dos feirantes ao qual me perdi em vários minutos de conversa sobe o tema a vila de Sintra.

    O passeio continuou pela famosa Volta do Duche onde podemos encontrar jardins ao qual destaco a Fuente Morisca que tem um parque infantil essencial para quem tem filhos pequenos.

    Depois de algumas horas, a descobrir a pé a zona histórica de Sintra, decidi ir ao encontro do famoso Hotel Lawrence. Se entrar em Sintra, foi como que entrar numa máquina do tempo, entrar no Hotel Lawrence é entrar na história da nossa literatura romântica, tendo mesmo servido de inspiração para o nosso bem conhecido Eça de Queirós no famoso romance Os Maias. O hotel oferece condições soberbas para quem procura o refúgio de um fim-de-semana longe das preocupações do dia-a-dia.

    Após o check-in, e nos instalarmos no hotel aproveitei para ir a descoberta da famosa doçaria de Sintra e nada melhor que a pastelaria a Piriquita, situada no centro histórico da Vila, a agradável simpatia dos funcionários aliada á frescura e variedade de doces proporcionou um excelente fim de tarde. Antes de decidir onde jantar decidi dar uma visita ao palácio nacional de Sintra que fica mesmo situado no centro da Zona histórica, algo a que aconselho. Em relação á gastronomia e ao local onde jantar percorri a zona histórica e piscando os olhos pelos pratos dos vários restaurantes fiquei curioso em provar lombos de porco preto, ao qual não resisti á tentação. Por falar em tentação e sendo este um fim-de-semana diferente optei pelo restaurante Café Paris, ao qual aconselho vivamente experimentarem então os lombos de porco preto. Regressei ao hotel e preparei-me para descobrir um pouco da noite de Sintra o que com uma criança seria certamente um desafio, mas foi um desafio interessante visto ter tido a companhia de amigos conhecedores da noite de Sintra, optei então pelo Bar Mourisca o qual aconselho visto ter o ambiente ideal para quem procura uma noite diferente.

    Domingo, bem domingo foi o dia de visitar os Museus do Brinquedos e o Museu de Historia Natural ficam situados bem no centro da zona histórica e para quem tem filhos é do melhor (não só dos filhos mas também dos pais relembrar os brinquedos que nos fizeram tão felizes é muito bom). Domingo serviu também para ir á descoberta da Quinta da Regaleira, bem é um local de uma beleza e misticismo gratificante de visitar, fica situada a por volta de cinco minutos a pé do Hotel Lawrence e como sempre o passeio vale a pena.

    Como despedida visitei o Castelo dos Mouros que pela história e vista que nos oferece da Vila compensa o esforço que é para encontrar estacionamento.

    A minha visita a Sintra ficou limitada a esses locais, mas Sintra não se descobre num fim-de-semana, Sintra descobre-se ao longo de vários reencontros, visto quem lá vai fica apaixonado e dificilmente não volta.

    Considero-me um privilegiado em ter usufruído do prémio que me foi atribuído mas também da oportunidade de revisitar Sintra na melhor das companhias, muito obrigado GeoStar pela oportunidade.

    Jorge Alexandre Cotovio e Jorge Manuel Cotovio

     

    Reserve já o seu hotel em Sintra!

     

    Escapadinhas a Sintra

    Hotéis em Sintra

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>